quinta-feira, 23 de julho de 2015

Grandes Olhos (2014)



Título Original: Big Eyes

Gênero: Drama

Direção: Tim Burtom

Roteiro: Scott Alexander e Larry Karaszewski

Sinopse: "História da pintora Margaret Keane, conhecida por seus retratos de crianças com olhos grandes e assustadores. Defensora das causas feministas, a pintora teve que lutar contra o próprio marido no tribunal, já que o também pintor Walter Keane afirmava ser o verdadeiro autor de suas obras."
  
Trailer 



   Quando fiquei sabendo que Tim Burton iria dirigir um filme tão diferente de seu já conhecido estilo, fiquei curioso para saber o resultado. Minha única decepção do Tim que recordo, foi na comédia abobalhada Marte Ataca. Em Grandes Olhos, Burton se deixa levar por um roteiro mais sério e menos fantasioso. Algumas cenas me fizeram lembrar o colorido de Big Fish, mas sem aquela estética marcante ou misturando elementos obscuros. Gostei da Amy Adams no papel da pintora, conseguindo passar uma Margaret reprimida no seu silêncio, tendo que lutar consigo mesma para permanecer na mentira imposta pelo seu marido. Já Christoph Waltz, que interpreta Walter Keane, me chamou mais atenção exibindo um personagem malandro, temperamental e carismático. Não consigo imaginar no momento, ninguém melhor que Waltz para esse papel, principalmente na cena divertida do tribunal. 

 Com certeza, não é de admirar que uns e outros possam estranhar ao associar o nome de Burton a um filme, aparentemente simples, sem grandes surpresas, exceto pelas boas atuações dos protagonistas. Poderia dizer que uma das características no visual que se sobressai, é na parte em que Margaret entra em um tipo de conflito interno, observando algumas pessoas ao seu redor, e até ela mesma, com olhos desproporcionais como em suas obras. O filme é interessante, mas bem que poderia ser mais ousado, considerando quem está na direção.

Avaliação:
Péssimo
Ruim
Regular
Bom
Ótimo